Parceiros

Parceiros

Agência de Notícias dos Direitos da Infância - ANDI

Criada em 1992, a Agência de Notícias dos Direitos da Infância trabalha com a mídia por meio de ações de conscientização, qualificação e mobilização na área dos direitos da criança e do adolescente.

Articulação de Negras Jovens Feministas

Rede de articulação de mulheres negras

Associação de Mulheres em Ação de Mato Grosso - AMAMT

A AMAMT é uma organização não-governamental, membro do Fórum Matogrossense de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Foi fundada em fevereiro de 2005, em Várzea Grande, Mato Grosso. Atua na defesa dos direitos da mulher e no enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Casa da Mulher Trabalhadora ( Rio de Janeiro) - CAMTRA

A Camtra é uma instituição feminista, sem fins lucrativos, fundada em 1997 e tem como missão ir ao encontro de outras mulheres com a perspectiva de colaborar para o fortalecimento de sua autonomia e despertá-las para a importância de sua participação na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Centro de Referência, Estudos e Ações Sobre Crianças e Adolescentes – CECRIA

O CECRIA é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, fundada em 1993. É um espaço de reflexão, denúncia, estudos e ações que contribuem para o enfrentamento da violência e da violação de direitos e o engajamento concreto na luta pelos direitos humanos como condição fundamental das relações civilizadas.

Centro Feminista de Estudos e Assessoria – CFEMEA

O CFEMEA – Centro Feminista de Estudos e Assessoria é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que trabalha pela cidadania das mulheres e pela igualdade de gênero. Luta, de forma autônoma e suprapartidária, por uma sociedade e um Estado justos e democráticos.


Comunicação, Militância e Atitude – CMA HipHop

A Comunicação, Militância e Atitude – CMA HipHop é um núcleo de comunicação alternativa e produção cultural, que surgiu no ano de 2005, com o objetivo central de potencializar a comunicação do Movimento Hip-Hop e dos Movimentos Sociais.

Grupo Mulher Maravilha

O Grupo Mulher Maravilha é uma organização sem fins lucrativos, de utilidade pública, com atuação no Recife e no Sertão do Pajeú/PE. Foi fundado em 1975 no bairro de Nova Descoberta – Recife (PE).

Instituto Mídia Étnica

O Instituto de Mídia Étnica é uma organização da sociedade civil que realiza projetos para assegurar o direito humano à comunicação e ao uso das ferramentas tecnológicas, especialmente para a comunidade afro-brasileira.

Jovens Feministas de São Paulo

A Articulação Brasileira de Jovens Feministas é uma rede constituída por mulheres jovens independentes, de organizações e movimentos: negras, lésbicas, indígenas, quilombolas, rurais, da periferia, sindicalistas e de populações tradicionais e provenientes de diferentes regiões do Brasil.

Juventude Negra pela Paz

O grupo Juventude Negra Pela Paz é formado por jovens da comunidade de Sussuarana, em Salvador. Tem o objetivo de, através da intervenção social e cultural, promover a cultura de paz no bairro.

Observatório Brasil da Igualdade de Gênero

O Observatório Brasil da Igualdade de Gênero é uma iniciativa da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República que, em parceria com outras instituições públicas e com organismos internacionais e organizações da sociedade civil, pretende dar visibilidade e fortalecer as ações do Estado Brasileiro para a promoção da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres.

Observatório Negro

O Observatório Negro é uma entidade constituída a partir do movimento negro, que se dedica a articular, junto a outros segmentos da sociedade civil organizada, ações para o fortalecimento da população negra enquanto sujeito político de direitos, através do combate ao racismo e da promoção da igualdade racial.

Programa de Educação e Profissionalização para a Igualdade Racial e de Gênero - CEAFRO/UFBA

O Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) é um órgão suplementar da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), criado em 1959 para o estudo, a pesquisa e ação comunitária na área dos estudos afro-brasileiros e das ações afirmativas em favor das populações afro-descendentes, bem como na área dos estudos das línguas e civilizações africanas e asiáticas.

Rede de Mulheres Negras do Paraná

A Rede Mulheres Negras do Estado do Paraná tem como missão promover a ação política de mulheres negras paranaenses, na luta contra o racismo, sexismo, opressão de classe, homofobia e todas as formas de discriminação.

Rede Feminista de Saúde e Sexualidade

Rede nacional feminista de saúde, direitos sexuais e direitos reprodutivos

Rede Lai Lai Apejo: População Negra e AIDS

Lai Lai Apejo reúne mulheres, homens e órgão governamentais para momentos de reflexão, para que assim possam ser tomadas medidas imediatas para a construção de uma sociedade mais justa. O projeto é executado pela Associação Cultural de Mulheres Negra (ACMUN), criada em 1989, na cidade de Porto Alegre/RS, organização que desenvolve ações de promoção da comunidade negra, procurando garantir os direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais da população afro-brasileira.